Propostas para São Leopoldo – Educação

  • Propostas de Artur Niemeyer para São Leopoldo – Educação:
  1. Tornar as escolas municipais autônomas administrativa e financeiramente, dando-lhes condições de proverem de forma mais direta e ágil a manutenção de seus espaços, equipamentos e condições  funcionais.
  2. Elaboração de plano para a efetiva universalização pública da Educação Infantil em turno integral, partindo da universalização das vagas utilizando-se dos convênios existentes e avançando para o aumento da rede pública, a fim de se terminar com as suspeitas relações entre o público e o privado que se estabelecem nesses convênios.
  3. Estabelecimento e monitoramento de padrões de qualidade e resultado dos estabelecimentos de ensino públicos e privados, de forma a se ter parâmetros claros e o mais objetivos possíveis para a avaliação dos serviços de educação prestados no município.
  4. Implementar um programa de alimentação saudável nas escolas públicas municipais, inclusive com fomento aos pequenos agricultores e cooperativas da Região e aos produtos orgânicos.
  5. Implantar, em todas as escolas públicas municipais, inclusive de educação infantil, e nas escolas públicas estaduais que conveniarem, oficinas culturais e esportivas nos contraturnos de aula, fomentando o desenvolvimento fisico, intelectual, emocional e social dos estudantes, além de afastá-los da criminalidade de rua.
  6. Criar e executar um plano continuado de formação do corpo docente e diretivo das escolas da rede municipal de ensino.
  7. Elaboração de plano para a carga de trabalho dos professores municipais para que eles tenham 30% do seu tempo funcional destinado ao planejamento e avaliação das aulas e 20% destinado à formação, estudo e pesquisa, mediante meio de comprovação a ser estudado e estabelecido.
  8. Elaboração de plano de fomento acadêmico docente, instituindo medidas de incentivo e/ou premiação aos professores e gestores da rede municipais de ensino que buscam ou permanecem em formação acadêmica.
  9. Criar plano para prover, em todas as escolas públicas municipais e, mediante convênio, estaduais, serviços de psicologia e assistência social para os estudantes e suas famílias, a fim de diagnosticar e tratar situações extra-classe que interferem negativamente no desenvolvimento educacional dos estudantes.
  10. Instalar, em todas as escolas da rede municipal de ensino e, mediante convênio, nas escolas estaduais, programa permanente de inclusão de pessoas com deficiência, focando na acessibilidade das instalações e na promoção da máxima autonomia e desenvolvimento possível dessas pessoas.
  11. Revisão do Currículo Municipal da Educação Fundamental, de forma a fomentar, nos estudantes, desenvolvimento físico e de saúde, compreensão e responsabilidade social e ambiental, desenvolvimento lógico-cognitivo, equilíbrio emocional, acesso à vivência espiritual e desenvolvimento de valores como criticidade, criatividade, iniciativa, humanismo e cooperativismo, sem prejuízo das aprendizagens de conteúdos programáticos, os quais devem incluir educação para o trânsito, educação ambiental, música e língua inglesa desde o 1º ano e língua espanhola desde o 6º ano.
  12. Apoio das instituições de ensino ao Programa de Educação para a Cidadania tratada no tópico das propostas da área de Segurança Pública.
  13. Apoio das instituições de ensino ao Programa Antidrogas tratado no tópico das propostas da área de Segurança Pública.
  14. Negociação com as unidades militares presentes na cidade para realização de cursos profissionalizantes dentro dessas instituições.
  15. Negociação com o sistema “S” para fornecimento de bolsas de estudos profissionalizantes para 1 ou 2 alunos-destaque do último ano do ensino fundamental de cada escola municipal.
  16. Aumentar a segurança no entorno das escolas presentes no município através da implantação da Polícia Comunitária tratada no tópico das propostas da área de Segurança Pública.